domingo, 2 de novembro de 2008

Dá Cá Mais Cinco!

Três possibilidades me oferece hoje esta frase: a de significar uma sintonia com os Amigos do Sporting, por, como eles, termos ganho três pontos preciosos a Poderoso Rival; a fala dos Adeptos Vimaranenses, atendida absurdamente pelo árbitro quanto a minutos-extra a conceder na segunda parte; mas, se acrescida de um "mil" que não é para todos, a magia de uma História que cria responsabilidades, tanto quanto moraliza. Cinco milhares de golos, atingidos com o primeiro de hoje, são muita coisa. E o Passado pode dar o braço ao Presente na inestimável missão de fazer acreditar. Por isso é tão importante a obtenção do número mítico, como o terreno ganho ao Favorito. Quanto ao querer já se viu bastante mais garra na defesa do resultado, com um jogador a menos. No respeitante ao poder, para os jogos fora, os passes de Aimar para a velocidade de Suazo são bem capazes de vir a tornar-se uma regra, não já uma vez sem exemplo.
Que me perdoem as vítimas do dia, a Cristina Ribeiro e o Tiago Laranjeiro à cabeça. Mas podem sempre vingar-Se nos outros candidatos ao título.

10 comentários:

ariel disse...

Querido Paulo, e assim termina em beleza mais uma jornada. Mantive-me caladinha com a "atipica" derrota dos dragões, porque sou superticiosa, lagarto lagarto, mas agora já posso gritar
Bibó benfica!:)

cristina ribeiro disse...

Mais, mas muito mais importante, Paulo: sabia já que tenho novo cachorrinho? :)
Beijo

mike disse...

Pronto! Já cá faltava o postzinho da vitória. Devia era ter havido um postezinho a barrar um dos remates que deram em golo do, do, do... desse clube mesmo, ora. Humprfff!!!
Deixo-Te um abraço. Humprfff!!!

Mialgia de Esforço disse...

Só faltava esta : queixar-se árbitro!? Olhe que o Sr. Xistra até foi amigo. Passou a 2ª parte a "compensar" a expulsão do Reyes. Não quis ver um atraso de bola ao Quim, nem uma eventual penalidade. Gostei sobretudo da celeridade com que mandou entrar o Katsouranis, enquanto na 1ª parte fez o jogador do Vitória secar à espera.

Abraço, seu sortudo!

cristina ribeiro disse...

Parabéns ao aniversariante!

(E já agora- estava a guardá-los para este momento :)- parabéns à águia)
Beijo, Paulo

Marie Tourvel disse...

Não fale de esporte hoje com a Marie diabinho. :(
Estou de bico por causa da Ferrari e do Massa. Não que acompahe fielmente o esporte, mas precisava ser na última volta, carambolas?
Beijos

fugidia disse...

Vivó Benfica!!!

(eu não lhe disse para preparar o postezinho?)
:-D

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Ariel,
eu notei aquela repressão da expressividade Aquilina! Mas tudo correu de feição, a ceguinha querida, desta feita, não se esqueceu de nós. Já cheira a estrelinha de campeão, embora, claro está, no que toca aos Adversários a crença na nossa Sorte seja como em Cocteau, a necessidade dejustificar o êxito daqueles de que não gostam...

Querida Cristina,
tenho andado com uma vida cheia, mas já fui ver a Farrusquice linda e comentar.

Meu Caro Mike,
Post(e)s para que te quero!

Meu Caro Mialgia,
foi uma compensação que nem queira saber! Então a abstenção de expulsar o Andrezino, tenho a certeza que deixou muita ente compensadíssima!
Penalty? Tem razão, aquele sobre o Aimar... mas acabou por não fazer falta.
Abraço. Caso para dizer que esta sorte deu muito trabalho.

Querida Cristina,
Delatora! Pronto, obrigou-me à confissão!
A aguiazita fica feliz da vida com estes mimos, claro.

Querida Marie,
e custou muito, com um erro alheio...
Será que era agente secreto dos patrões do Hamilton?

Querida Fugi,
espero que tenha razão como essa em muito mais jornadas!
Beijinhos e abraço

Tiago Laranjeiro disse...

Bibó Bitória!

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Tiago Laranjeiro,
que justifigue o nome contra os comandados de Bento e Jesualdo!
Abraço