sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Um Aperto no Peito

Ora, eu, a princípio, quando li a notícia de o Secretário de Estado da Igualdade, na Finlândia, ter sido demitido por apalpar os seios de várias convidadas, numa festarola, pensei que a sanção se tivesse ficado a dever a não ter mostrado aptidão para o cargo que ocupava, ao não haver procedido de igual forma com todas as presentes. Depois vi que, afinal, a pasta que lhe fora confiada era de Igualdade, sim, mas entre os géneros. Bem, mas então ele tem uma desculpa, estava a sublinhar a saudável e natural diferença que se quer sobreviva dentro dessas precauções niveladoras, repare-se que não andou a belistar peitos de homens.
Fora de brincadeira, claro que o uso do Poder para estas pequenas satisfações é condenável. Mas a solução não passa só por demitir prevaricadores, deveria ser levada à consequência de eliminar pastas abstrusas.

10 comentários:

Pedro Barbosa Pinto disse...

«Sinto profundamente que a minha falta de controlo, causada pelo álcool e cansaço, me levasse a comportar-me de um modo que nem eu mesmo posso aceitar», declarou Johansson num breve comunicado.

Além do mais o homem parece ser um "grosso"

Causada pelo álcool e cansaço?

Está bem que a senhora lhe estragou a vida, mas um cavalheiro...

Mialgia de Esforço disse...

O Sec. Estado da Igualdade apalpou várias mamocas. Chama-se a isto levar à letra o exercício do cargo. Podem acusá-lo de muita coisa, menos de ser discriminatório.

Mas teve o bom-senso de se demitir. Em que país é que isto nunca aconteceria?

ariel disse...

Querido Paulo, embora a mim pessoalmente me repugne este tipo de pastas ministeriais, ainda não foi descoberto outro caminho mais eficiente para atingir os objectivos pretendidos.
O mais chocante é a escolha de gente com este perfil para este tipo de lugares.
Não sou tão pessimista quanto o amigo mialgia, tenho a certeza que numa situação destas também por cá a resposta seria uma demissão. Aliás, não são muitos, mas já tem havido casos honrosos nos diversos partidos do arco governanental...

beijinho

ana v. disse...

In vino veritas... de que o homem é mal educado parece-me que não restam dúvidas.

Fiquei a pensar num paralelelismo português com uma ex ocupante dessa pasta da "igualdade": Maria de Belém Roseira. Pergunto-me o que apalparia ela, com aquele tamanho que Deus lhe deu... ;-)

Mialgia de Esforço disse...

De facto, Ana, a probabilidade de apalpar o... é grande. Mas imagine que lhe calhava um Marques Mendes, um Guterres, um Lacão. Tinha que se ficar pelos óculos...

Paulo Cunha Porto disse...

Ehehehehe, Meu Caro Pedro Barbosa Pinto,
a invocação do cansaço para justificar um excesso de actividade é linda. Ao menos o Yeltsin ficou-se pelo álcool...
E concordo com a estigmatização. Se o pateta tivesse espinha, diria que perante a beleza das Apalpadas, qualquer carne é fraca. Não creio que lhe evitasse a saída, mas fá-lo-ia em... beleza.

Meu Caro Mialgia,
temos de ter em atenção uma agravante, o caminho percorrido às apalpadelas estava situado na Embaixada da Suécia, o que poderia originar um incidente internacional, sabendo-se como todas as iniciativas menos recomendáveis, naquele País, hoje em dia, apenas são desculpadas ao Belo Sexo...

Querida Ariel,
eu sou menos caridoso, acho que a criação de pastas ao serviço de objectivos sentimentais, digamos assim, em vez de correspondentes a repartições substantivas, apenas serve para permitir aos Governos fazer figura de muito preocupados com os problemas, libertando-se de medidas efectivas nesse âmbito.

Querida Ana,
és Tremenda! Mas o Mialgia deu a resposta... à altura.
Claro que o sujeito nórdico, embora tenha pegado por muitas pontas, não parece ter ponta por onde se lhe pegue.
Beijinhos e abraços

ana v. disse...

É verdade, Mialgia, tem razão: neste país de baixotes a Maria de Belém não teria grandes hipóteses.

E tu és ainda mais tremendo, Paulo! A tua adenda à minha teoria veio lembrar-me a razão por que eu te chamava Diácono... ;-)

Paulo Cunha Porto disse...

Mas... que é que eu fiz?...
Bj.

ana v. disse...

Sonso! ;-)
Bjs

Paulo Cunha Porto disse...

Eeeeeeeeuzinho?
Bj.