quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Sob o Signo da Pantera

Um motivo de esperança: não deve estar a crise para durar, já que a grande discussão do momento incide sobre se é gira ou sexista a ideia brilhante de se ter concebido um teclado cor-de-rosa com teclas de dizeres provocatórios, alegadamente para uso de louras. Cliquem para ver melhor, aumentando.
Bem, sexista não sei como poderia ser, já que apenas estigmatizaria uma parte, por sinal bem minoritária do Género, como demonstra o mapa da Europa mais abaixo. Quanto à gireza, estamos conversados, a estupidez seria por inteiro atestada por quem os comprasse.

Mas a controvérsia levanta uma lebre que merece exame: a fama de burras das pobres Mulheres com o cabelo mais claro. Eu estou em crer que ela advém em grande parte das personagens de Marilyn Monroe, uma das quais diz expressamente que os homens não gostam de Miúdas muito inteligentes e cultivadas. Claro que a burrice está nos que não temperaram essa patente boutade com as garantias de Wilder e muita Crítica, segundo as quais, para dar credibilidade àquela figura. MM comprovava ser uma actriz muito inteligente.
Outra hipótese seria a relativa raridade da lourice originária levar muita Senhora a pintar o cabelo e isso ser dado como sintoma de miolos em déficite. Também não sigo por aí, porque isso, Nelas, é como em nós deixar crescer um bigode, ou uma barbicha, até podendo passar por saudável sintoma de não estar demasiado satisfeitinho consigo.


O que me leva a outra razão de espanto - a de não ter sido o teclado associado ao que me pareceria mais óbvio, uma opção partidária ou sexual, que as há simbolizadas por tão doce cromatismo. É a injustiça de ligar a falta de intelecto a características não-escolhidas que nada revelam, em vez de o conectar com opções que estão na disponibilidade da parte, resultando de um processo mental, mesmo que diminuto, para muita gente.
Ainda bem que o Benfica já se deixou destas alternativas!

13 comentários:

Margarida Pereira disse...

Paulo, há por aí meninas a mudar para os castanhos por causa da fama...
(o teclaro 'pink' é lindooooooo!)

fugidia disse...

Ainda bem!
Gostei deste encadeado de ideias, Paulo.
Bjs :-)

marie tourvel disse...

Muito bom o post, Paulo. Quanto à Marilyn, ela era muito inteligente. E linda, né? E loura. Meus cabelos são castanhos muito claros, beira o louro. E eu gostei do teclado, fazer o quê? Será que é porque meu apelido na universidade era Penélope Charmosa? :))))

Beijos, querido.

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

lololol... o teclado é um espanto... lindo... dos "smiles", ao "NO!"...loloolol

Só para que conste: sou branquinha de pele, mas de olhos e cabelos castanhos escuros...safa!
mas não tenho nada contra as louras, até porque o louro, para mim está mais associado a futilidades do que a burrice... pois as mulheres que não tinham mais nada para fazer iam para os cabeleireiros "conversar" e pintar o cabelo)...Hoje em dia fazem spas, e vão ao solário... talvez de futuro "as ditas burras" sejam as morenas de pele devido aos solários...
Melhor conjugação hoje em dia, será Loura, de pele bem morena e os dentes como os do Paulo Portas...
Beijinhos

Patti disse...

Ora bem, eu loura assumida, venho aqui informar que este mito da loura burra, só existe para contrapor outro muito mais antigo: o da morena feia e inteligente.

Fernando Sampaio disse...

Caro Paulo
Seu blog me foi altamente recomendado ali pela Marie...
Se me permite, estou te "linkando" lá no meu.
Abraços
Fernando

ariel disse...

Querido Paulo, já ouvi as teorias mais estapafurdias para a fama das "louras burras". Uma delas incluía um teste aos neurónios dos homens, que revelaria que estes "emburravam" na presença de um loura ..:)não sei qual seria o resultado dos mesmos testes em homens louros, enfim a coisa é delirante. Eu por mim confesso, adoro as anedotas de louras, exactamente porque sou absolutamente loura...:)

Beijinho

Mialgia de Esforço disse...

Deixe que lhe diga, Meu Caro, que esse mapa deve ter uns anitos. Nos últimos anos, a Tugalândia parece-se cada vez mais com a Escandinávia e os Bálticos. É cá uma profusão de louras. E não consta que sejam emigrantes...

Abraço.

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Margarida,
essas é que são as verdadeiras louras. As das anedotas, também.

São como as cerejas e as conversas, Querida Fugidia. E, até pelo tema, acham-se presas umas às outras, nem que seja por um cabelo...

Uaaaau, Querida Marie! Não só o encanto da Fidelidae, como o do Glamour! Os coleguinhas sabiam do que falavam, tanto devia ser o pretendente.
Mas se fica vinte anos à espera de um Ulisses, zango-me Consigo.
Com essa tonalidade Loura é, para os nossos padrões. O que vem reforçar a minha posição de que As há, inteligentíssimas.
Por falar em MM, ela, ao menos no tom, era fals loura (platinada).

Querida Joaninha,
que conjuação de factores! Huuuum, eu acho é que no Sul da Europa, pela relativa raridade, o tom louro passou a ser mais desejado. No Norte a atracção funciona ao contrário. E então, como a Inveja necessita de compensações, criou-se a fama das burradas, já que a Espécie não aguentava miolos e boniteza num só ente.
Em confirmação da minha tese, veja-se o caso de Messalina, que mandou fazer uma peruca dos cabelos amarelíssimos cortados a uma escrava germânica, cingindo-a (a cabaleira, não me referia à cativa, "emboramente"...) nas incursões nocturnas que a celerizaram.

Querida Patti,
Que vendetta, ehehehehehehe!

Meu Caro Fernando Sampaio,
Be-Vindo!
Amigo da Marie é Meu, desde já.
Vou já tentar retribuir a Gentileza, para mais com um nome de Blogue tão apelativo como o do Meu Caríssimo Confrade.

Querida Ariel,
muito me conta! Pouco a pouco, com as dicas que me dá, vou compondo o retrato. E claro que se pode divertir, já que é Infirmação Viva da teoria da menor aptidão mental lourística.

Ai, Caro Mialgia, cá vou citar pela enésima vez certo amigo Íntimo.
"Nunca confiar nos apelidos e na cor de cabelo das Mulheres. São coisas que mudam com uma facilidade assustadora!
Beijinhos e abraços"

Ka disse...

ahahah Pois eu contra corrente como sou estava loira e agora estou castanha :P

Esse teclado é um must...lol

Beijinho

Paulo Cunha Porto disse...

Ai, Querida Ka,
espero que não pelos motivos denunciados pela Margarida!
Beijinho

Ka disse...

Claro que não querido Paulo, achavam-me tão inteligente que não se acreditavam que era mesmo loira e resignei-me a mudar a cor :D (ahahahaah)

Beijinho

Paulo Cunha Porto disse...

Ehehehehe, Querida Ka. Uma opção que, sugiro, deixe a... alourar.
Beihinho