quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O Grau Zero da Decência

O Caso do corruptíssimo Governador do Illinois é certamente grave, mas não me surpreende, a política partidocrática está cheia deles, como de favorecimentos análogos aos constantes desta triste lista. O baixo calão em que o indivíduo se exprimiu, querendo abichar uns trocos, menos me deixa de boca aberta, conhecendo o percurso da ruim peça. A ameaça de estrangular financeiramente um grande jornal entretanto falido, caso não lhe publicassem artigos favoráveis, menos me revolta, aquele homem público está bom para aquela imprensa, colaboracionista das mafiosas traficâncias da família Daley, na presidência da Câmara de Chicago.
O que tenho por inadmissível é a chantagem do sujeito, congelando prestações destinadas a um hospital de crianças, caso o director do estabelecimento não contribuísse para a sua recolha de fundos. A saúde da Miudagem deveria ser sagrada, até para semelhante celerado. E espero que encontre na prisão onde o depositem reclusos e guardas prisionais cujos filhos não possam ter sido tratados pela falta das verbas por ele recusadas. Creio que dessa conjunção de vontades poderia resultar a atmosfera ideal à redenção dele...

As criancinhas não servem só para tirar fotografias de campanha!

2 comentários:

Rudolfo Moreira disse...

Parece que havia outro na história de corrupção porque Jesse Jackson segundo dizem fez uma oferta milionária pela nomeação.

Paulo Cunha Porto disse...

Esse filho do radical antigo candidato, Caro Rudolfo, apresentou defesa fraqíssima - terem-lhe garantido que não era visado por qq investigação do FBI.
Ab.