quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

No Jobs For The Boys

Uns bons anos depois, a frase tão desmentida do Eng. Guterres, finalmente, faz sentido. Mas só para os incondicionais cultores dos produtos da Apple...

7 comentários:

nocas verde disse...

imagem maravilhosa, Afilhado!:)

mike disse...

Safa, uma maçã destas doesn't keep the doctor away, meu Caro.
Abraço.

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Nocas,
pois, mas como fica o sumo?

Meu Caro Mike,
se a homónima que passava por fruto proibido tivesse esta capacidade de auto-defesa...
Beijinho e abraço

Pedro Barbosa Pinto disse...

GOODNESS GRACIOUS ME

Quando vi o título e a imagem pensei que o Paulo se tinha passado! Lembrei-me daqueles penicos à Rolling Stones...

Afinal fala-nos do Steve. Também não se reformou este ano o Gates?
O melhor que ambos têm a fazer é gozarem as fortunas que acumularam. Ainda que se sentissem eternos, viram agora que os banqueiros lhes podem acabem com elas num instante.

Mialgia de Esforço disse...

Por momentos, assustei-me e não quis acreditar. Pensei que os encarteirados cá da terra fossem ficar pendurados. Afinal, é só o Sr. Jobs. Por cá, tudo na mesma. Uff!

Abraço.

Patti disse...

Credo!
O Adão é que devia ter comido uma destas.

Paulo Cunha Porto disse...

Hard true, Caríssimo Pedro, sobretudo para um fabricante de hardware como SJ.

Meu Caro Mialgia,
a crise não chega (muito) cá, porque temos a nossa, exclusiva, permanente, nacional e intransmissível.

Querida Patti,
estou a ver, gostavas de eliminar a protuberância convexa do pescoção masculino...
Beijinhos e abraços