quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Três Como Poucos

A Ana Vidal, em comentário à Piquena de ontem, prevê para a rubrica que trata Os Prazeres e os Dias uma "roleta russa". Como sou muito bem mandadinho, já carreguei a arma; e destas não me importa ser a vítima. Digam por favor qual é o compartimento preenchido, para que eu passe à detonação fatal, em vez da conotação actual...
Infelizmente a Ruslana já não conta, por dramaticamente ter abreviado os seus dias.

A Marie Tourvel gosta de labirintos. Para que experimente dificuldades em sair de cá, de cada vez que apareça, ofereço-Lhe este, pouco conhecido, de que gosto muito, pintado por Robert Vickrey...




O Grande Companheiro dos meus blogues que é o Filomeno, antigo Çamorano, como extraordinário Cinéfilo que é, abriu uma sala própria, a que, modestamente, chamou Cines del Barrio. Convidando Todos os Amigos para a grande Estreia, marco o acontecimento com Cinema, de Lionel Jager...

16 comentários:

Marie Tourvel disse...

Mas que labirinto instigante, Paulo. Você pode me ver lá no meio tentando escolher um caminho?
Caso queira entrar no labirinto, ofereço a você um fio de ouro para que não se perca. ;)
Adorei o presente. Retribuirei com prazer.
Beijinhos.

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Cunha Porto disse...

Pode crer, Querida Marie Tourvel/Ariadne! Por Si, dou cabo de qualquer Minotauro!

Meu Caro Filomeno,
modéstia em demasia é pescaria de elogios, neste caso merecidos, ehehehehe.
Abraço

Mialgia de Esforço disse...

Se bem percebi a escolha da pequena é por sufrágio directo e universal. É assim, caro Paulo?

Nesse caso o meu voto vai para a....Anna Mariy(v)a.

Abraço.

Ka disse...

Caro Paulo,

Isto do absolutismo está a correr mal (risos) então e nós???? hmmm? Só me põe aqui estas meninas deslavadas com 300hrs de photoshop em cima???

Não pode ser!!!
Ainda por cima a roleta já está viciada pois uma já terá ido....

ps - E quanto ao novo blog do Filomeno já está na minha lista por supuesto :D

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cristina ribeiro disse...

Já tenho visitado o "bairro" Filomeniano, desde que o Filomeno deixou uma pista lá no ES, a propósito de serem mais as vozes femininas a festejarem o regresso do Paulo :)
Beijo

ariel disse...

O meu voto vai para a Anne... se o Paulo tem um fetiche com as botas eu cá tenho com os bandoletes...,:) e agora me vou ao trabalho.

beijinho

Patti disse...

Oh Paulo, não se terá baralhado ao trazer o book das meninas? Parece-me mais o da secção de moda infantil...não devem ter mais de 14 aninhos. Veja lá se o enganaram!

Olhe que os meandros da moda são muito labirínticos.

ana v. disse...

Pela minha parte, desejo-te então o azar da bala fatal... e uma hora bem comprida, ao contrário dos partos!

Mas estou com a Patti... cuidado com a pedofilia.

Vou já espreitar o Filomeno e adicioná-lo aos meus links.

fugidia disse...

:-D
E já vão três.
Boa sooooorte :-p

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Mialgia,
mas sem partidos e, espera-se, sem partidas!
Registo a preferência

Querida Ka,
credo, o Absolutismo - que é coisa bastante diversa do Tradicionalismo qe eu defendo, politicamente - está todinho cá. Inclinei-me foi perante a vontade das Soberanas Leitoras, Que me mandaram jogar roleta russa. Pobres e Mal-Agradecidas, heim?

Querida Ariel,
e os ículos escuros a fazer delas? Chleiiiiip!, perdão, excelente composição.

Querida Cristina,
que hei-de fazer, a Elite sempre me apreciou mais...

Querida Patti,
huuuuum, as biografias oficiais desmentem essa douta tese; e aqueles corpinhos, só com muito aditivo alimentar...
Mas não quero desmenti-La, em último caso ficam como investimentos para o Futuro.

Querida Ana,
azar?! Com belas, perdão, balas deste calibre?

Querida Fugidia,
ao menos podia ter votado.
Huuuumpftrr!
Beijinhos e abraço

mike disse...

Também posso ser vítima, caro Paulo?
Abraço.

Paulo Cunha Porto disse...

Ena. Caro Mike! Agora compreendo a expressão "estratégia de vitimização"!
Mas elas chegam para os dois!
Abraço

Luísa disse...

…… (silêncio embezerrado)……

Paulo Cunha Porto disse...

Percebo, percebo a relação, o bezerro de ouro também era objecto de adoração, não era?
Mas se estas se derretessem comigo, não me importava de as engolir. Volta Moisés, estás perdoado.
Beijinho, Querida Luísa