terça-feira, 28 de outubro de 2008

Amar o Próximo

Para superar de vez a querela entre Amigos dos Cães e Amigos dos Gatos. Os animais são como as pessoas, há os que se sentem bem em partidos e os que arriscam a vida para salvar mesmo quem é dado como estando do outro lado da barricada. Para os Leitores Sportinguistas, a satisfação adicional de o heróico cachorro se chamar Léo. E não digam que se deve a este baptismo alguma participação no envolvimento felino. Bruto também tinha sido adoptado por César, lembram-Se?

25 comentários:

Inês Ramos disse...

Maravilhoso! Se os humanos fossem assim, este Mundo era bem melhor. Vou "roubar" este vídeo para o exibir no Queridos Gatos. Obrigada, Paulo.

cristina ribeiro disse...

Só vem, este acto, confirmar o quão amigos eles são; incondicionalmente, e sem olharem a quem. Mas até nas pequenas coisas do dia-a-dia.Emocionam-nos.
Beijo

Paulo Cunha Porto disse...

Leve Tudo, Inês. Achei que um exemplo destes não podia deixar de ser referido. E Lá irá mais do que bem!

Querida Cristina,
é verdade, veradinha. E os gatinhos ainda tão pequenos, daria ideia de haver dificuldade de ligação, mas talvez o seu estado de desprotegidos tenha excitado o instinto de protecção deste Herói.
Bjs.

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Cunha Porto disse...

É verdade, Meu Caro Filomeno, com a agravante de darmos tão mau uso ao nosso Livre Arbítrio, o do orgulho que tanta vez não tem contrapartida na opção actuante.
Abraço

Mialgia de Esforço disse...

Mas que querela, caro Paulo? Tenho um cão e não tenho qualquer problema com donos de gatos. Confesso que sempre gostei mais de cães, pela sua interacção e dedicação sem limites, mas aos poucos vou começando a apreciar a personalidade felina. E, como já tive ocasião de constatar, o meu cão é incapaz de ser agressivo para com um gato, embora a inversa seja uma franca possibilidade. E se ainda não tenho uma gata (um amigo veterinário recomenda sempre a gata a um “gato entupido”) é porque o meu cão é demasiado brincalhão, intenso e absorvente e não sei qual será a reacção do felino. Embora não conheça muito de raças e suas características, a ter um optarei pelo Bosques da Noruega. São de uma beleza arrebatadora!

E são casos como os que refere que me fazem gostar cada vez mais dos animais. E quanto mais gosto deles, menos gosto de algumas pessoas. Especialmente deste pateta, que parecia um rapaz minimamente decente, e que me deixa fora de mim:

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1347724&idCanal=62

Associação repudia declarações de Paulo Rangel sobre direitos dos animais

Phone-ix!

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Mialgia,
embora o Gato seja o meu animal preferido, por, como a Mulher, ser Bicho cujo afecto convém cultivar, em vez de tudo aguentar, como os canídeos, também gosto muito de cães. E os Bosques da Noruega são fantásticos. Fui a um site deles, que uma Conhecida minha recomendou, tendo ficado embevecido.
Quanto ao par(a)lamentar que citou, é daqueles que querem centrar no seu modelo de vida a superioridade imaginada. E este difundido sentimento é dos mais perigosos que conheço, pois, a prazo, leva a prescindir do esforço ético que honra. Pascal tinha razão, quanto mais conhecemos o Homem...
Abraço

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ka disse...

Os animais dão-nos umas lições qe teimamos muitas vezes em ignorar...o que é uma pena pois seríamos melhores pessoas se o não fizessemos.


Beijinho

Margarida Pereira disse...

Ora bem..., não vi o vídeo porque daqui não se acede ('protecções' exacerbadas). Sabe Deus quando o verei; ando com problemas no computador caseiro...
Mas seja lá o que o vídeo mostre, e mesmo sem ver, tenho de declarar que a bicharada é do melhor que há!
Amo de paixão cães, gatos, cavalos, pássaros, coelhos, caracóis, peixinhos, abelhas, enfim...
Sempre tive cadelas e 'amadrinho' um arraial de gatos vadios. A casa não é um zoo porque a coisa é uma democracia e o meu voto é sempre vencido...
Lá em casa, apesar de tudo, quem manda ' a sério' são 'as meninas'.
Há lá coisa mais esperta e meiga?!
Não há!
Sou uma 'escrava' babada...

filomeno2006 disse...

Mensaje para Doña Margarida Pereira: los canes (autóctonos) lusitanos son especialmente dóciles y cariñosos con el hombre......
Saludos

Margarida Pereira disse...

Mensaje para Don filomeno2006: mas tem de ser em português, se não é 'una desgracia'... :)
Deixei uma mensagem lá no seu blogue que nunca apareceu..., mais tarde, ao tentar regressar, a forma de registo é tão diferente, que não sei como se faz...
E agora?
E saludos, porsupuesto! :))

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Margarida Pereira disse...

Paulo... help us here..., como é que se regista lá no espaço do 'nosso' amigo galego?!
Que é o "URL2 ou lá que é aquilo?!
Ai deuses, info-excluída, credo!!
Eu só queria escvrevinhar lá uns comentariozitos... chiuf...
E o 'lost in translation' não ajuda nada...
Quem havia de dizer que o nosso primeiro rei havia de nos colocar neste embaraço...

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Filomeno,
também existe por cá, mas aplicado a restos de refeição e pouco usado.

MAS AGORA TENHO DE ME INSURGIR: ENTÃO NÃO SE DIZ NADA DO BLOGUE?!!! SE NÃO FOSSE A MARGARIDINHA, ESTAVA EU SEM SABER DELE? GRRRRR!

Para teres notícia dos comentários, não precisas de activar a moderação, basta, nas definições, em "comentários", dares instrução para que Te enviem os mesmos para o Teu e-mail.
E o Mialgia, como Grande Cinéfilo, não tarda estará lá.

Passo a vida a dizer isso, Querida Ka!

Querida Margarida,
já meti uma cunha (há que ser coerente com o nome) ao Filomeno, para que Ele possa abrir as caixas, sem perder notícia dos contributos dos visitantes. Mas a Menina na merecia! Quem é que na deixa comentar no Seu blogue, Quem é? Se faz chiuf, eu respondo Buáááá!
Beijinhos e abraço

filomeno2006 disse...

Amigo Paulo: no te dije nada porque ante un Gigante de la Blogsfera, mi humildísima bitácora no pasa de covachuela- bienintencionada eso sí-.
Ab.

Margarida Pereira disse...

"covachuelabienintencionada" es una palabra sola?!
Que rica!!!!
:)))

filomeno2006 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luísa disse...

Paulo, gosto muito de animais, e de cães e de gatos igualmente. Mas uma cena destas, só estava a vê-la protagonizada por um cão (e Léo!). A amizade dos cães revela-se mais no «dar» e a dos gatos, no «receber». Não será assim? ;-)
P.S.: E nisso falha a afinidade dos gatos com as mulheres… infelizmente.

Paulo Cunha Porto disse...

Acha, Querida Luísa? Acha mesmo? Eu poria as coisas noutros termos, o cão suporta tudo, mesmo que o firam, o gato exige alguma reciprocidade das manifestações de afecto e sabe amuar quando o tratam mal. Qual se assemelha mais à Mulher?
Beijinho

ana v. disse...

O gato, concordo. Mas não pelo amuo... e sim pela independência, graciosidade, elegância, suavidade do "pelo", magnetismo do olhar, flexibilidade, inteligência, exigência, orgulho, personalidade, mistério... chega?? LOL

Safira disse...

Gostei do paralelismo Gato/Mulher. Muito interessante (e acertada) a perspectiva.

E adorei o Léo, claro.
Beijinhos

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Ana,
calor, osto em enroscar-se, etc. e tal.

Querida Safira,
como costumo dozer às minhas Amigas mais antigas, são os dois Animais Irracionais de que mais gosto, Gato e Mulher.
Antes que me bata, tento comovê-La com o cabeçalho do meu anterior blogue:
http://parafrasefacil.blogspot.com/
Beijinhos

Safira disse...

Caro Paulo,

Sou perfeitamente parcial no que respeita a amantes dos meus bem amados felinos. O seu anterior cabeçalho torna-me indulgente: vou relevar a sua afirmação e fingir que não li a palavra irracional associada à palavra Mulher. Os gatos que se defendam a si mesmos! ;)

Beijinhos

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Safira,
grato pelo favor. É só pôr a tónica no gostar, não tanto na classificação...
Beijinho