segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Publicidade Enganosa

Tenho de agradecer à Nocas Verde ter-me chamado a atenção para um importante estudo científico que relaciona o consumo de café com a redução do tamanho do peito feminino. Esta reveladora pesquisa fez enfim luz sobre um duplo problema que me atormentava - o da razão de ser deste anúncio, bem como a causa profunda de enfileirar entre os mais odiados de sempre pelas Feministas. Com efeito, como poderia ser credível que uma qualquer compra de café acarretasse, por si só, reacção tão desproporcionada? Por outro lado, vê-se agora que o correctivo era apenas a capa que escondia as razões últimas da aversão dos movimentos que falam continuadamente em "libertar" a Mulher. Assim, já se percebe, o ódio aos sutiãs era tão profundo que chegava ao ponto de pretender eliminar os motivos deles. E não gostaram de ver a estratégia contrariada.
Quanto a ser correcto exceptuar-se ou não o produto propagandeado, deixemos que os cientistas o atestem Até lá, tomo-o por camuflagem de mensagens com maior grau de importância na estrutura familiar.

20 comentários:

MySelf disse...

Digamos... eu passaria ainda a beber mais café... ;-)

Nocas Verde disse...

Caro Rép,
Começo por detestar (claro, dirá) o anúncio. Houve apenas um acontecimento, ou melhor, conhecimento infeliz e desgraçado que me fez QUASE aceitar a violência para com esse ser humano (vulgo mulherzinha)... eu própria fujo literalmente dessa pessoa para não cair na tentação de (re)por em prática as minhas lides violentas...

Esse facto à parte, direi apenas que, felizmente, ou propositadamente, não acredito no estudo mas, por via das dúvidas, não o revelo Ao lá de casa :) :)

Paulo Cunha Porto disse...

Qerida Myself,
se dissesses isso na América, podias ser perseguida por tão grande desprezo pelo ideal de beleza daquelas paragens...

Querida Nocas,
muito prudente, não deve dar motivos de racionamento, ehehehehe. Atenção, eu não aprovo o acto do anúncio,apenas indaguei das razões (no sentido de motivações) que o podiam ter determinado, bem como à reacção desmedida que provocou.

Beijinhos

Once disse...

comes e bebes em corpo são? ;)
Já os crimes e castigos não haja dúvida que limpam .. a alma, dizem.

Boa semana Meu Amigo *

Marie Tourvel disse...

Paulo, querido, talvez este estudo tenha fundamento... eu não tomo café, não porque não goste, mas porque me faz um mal danado. E... já sabes a conseqüência. :P
Um beijo!

Paulo Cunha Porto disse...

E para a Querida Once, já que das minhas etiquetas tanto gosta...
Níveis poéticos de diferente altura, numa declaração de Amor:
"quero beber todo o Teu ser!"
ou "toda" em lugar que adicione o existir...

Querida Marie Tourvel,
Puxa, no Bracil deve ser Caso Raro! Mas claro que não queremos esses tristes resultados!
Beijinhos

Once disse...

cheira-me a coisa vampiresca essa (risos) .. e gosto das suas labels sim.
:)

ariel disse...

Querido Paulo, estou nervosissima, então não querem lá ver que a causa do meu grande desgosto tem a ver com duas míseras chavenas de café por dia?...:)

mike disse...

(gargalhada)
E creio que mais não consigo senão rir, quanto mais comentar. Em esforço, concentrando-me no teclado e sendo não-politicamente correcto, dir-Te-ei que o anúncio é bom e que gosto dele. É que ela não me parece perturbada com as palmadas...
Abraço.
p.s. - senhoras, parem de beber café, senão...

Patti disse...

Hum, olhe que não sei, se a razão das palmadas seria só por isso, querido Paulo.

Então não vê, que a maldita está dentro de casa de lábios pintados, cabelo arranjado, saltos altos e até de saiote à mostra! E olhe que ainda lhe consigo ver um pouco de rímel!

Sinceramente onde é que já se viu, tamanha libertinagem?

Mialgia de Esforço disse...

E ao ver o ar deliciado da menina da foto lembrei-me de Pitigrilli:

"Nunca se deve bater numa mulher. Ela pode gostar e depois é preciso bater-lhe todos os dias."

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Once,
agora é que tudo se clarificou! Agregando os Comentários que trocámos e o texto, percebe-se a razão de a Buffy Caçadora de Vampiros ser um ícone feminista!

Estou desolado, Ariel. Li que a Academia das Ciências parisiense deu como origem do café, para quebrar a sonolência, o uso que um abade lhe deu, para manter despertos monges dorminhocos, durante as orações, após ver o efeito excitante que as ervas dele produziam em cabritos monteses. Equacinando tais ganhos com as perdas postas em relevo por esta descoberta, bem se poderia dizer ao Abade que evitar as alterações anatómicas em questão também poderia deixar qualquer noviço de olhos arregalados...

Meu Caro Mike,
pois, já se sabe, então em França, a fessée era um preliminar muito popularizado...

Querida Patti,
realmente, não se admite! Uma paleta ambulante1 Mas talvez também tenha intervindo um pouco de altruísmo, com aqueles saltos a andar por casa, certamente o vizinho de baixo não teria sossego, tal o barulho, nestas construções deficientemente isoladas... Tudo pela boa vizinhança, a nalgada está justificadíssima!

Meu caro Mialgia,
lembra-Se da cena mítica de Marlene Dietrich, num comboio, dizendo para o galã "sonhei que me estavas a bater. E eu estava a gostar!". Está tudo nos clássicos, é o que é.
Beijinhos e abraços

Margarida Pereira disse...

Este anúncio é obra!
Os disparates instituídos cujos mitos têm vindo a cair são surpreendentes...
Ainda há dias a revista Sábado publicava um artigo sobre a publicidade ao tabaco que dantes (anos 30, 40, 50) existia.
Café e tabefes. Como conjugar saúde e respeito?
Senhoras e senhores, os 'estudos' ora atestam uma coisa, ora defendem o seu contrário.
Importa é o caso pessoal. Por mim, o café nunca teve semelhantes efeitos...

ariel disse...

Aaahahah,é deliciosa a sua resposta de abades monges e cabritos monteses, verdadeiramente delirante querido Paulo.

ana v. disse...

Ah, Tigre!!
Nunca resisti a um Tarzan de suspensórios e meias Burbery...

Réplica para o Mialgia (ou para o Pitigrilli): este deve ser daqueles maridos que defendem a velha máxima "Todos os dias lhe dou uma tareia. Mesmo quando eu não sei porquê, ela sabe de certeza!"

Mialgia de Esforço disse...

Cara Ana,

Por quem me toma? Eu sou apenas o mensageiro (e agente provocador). As Senhoras são para ser tratadas com flores, livros e outras coisinhas :)

ana v. disse...

"Este" era o marido do anúncio, não me referia a si, Mialgia!

Flores e livros são um óptimo tratamento, mas aposto mais ainda nas "outras coisinhas"... :-)

Paulo Cunha Porto disse...

Querda Margarida,
pergunta-e, a propósito do café, como conjugar tabefes e respeito. Bem, parece-me que os primeiros podem produzir um efeito chato, comparável ao que se detectou agora na cafeína. E o segundo não estará reduzido a fumo, tantas vezes nele presente?

Querida Ariel,
nenhum mérito meu, as sociedades científicas é que devem servir para qualquer coisa, devemos aproveitá-las bem!

Querida Ana,
obrigado pela dica. Acabas de fazer uma publicidade tal que immagino todos os Leitores masculinos deste blogue, à minha imagem e semelhança, correndo às lojas de vestuário, para inovarem na composição do respectivo guarda-roupa, de forma a conseguir resulados, segundo a Esperança ora imprimida...

Sem querer intrometer-me no Vosso diálogo, ou, melhor, deverá ao cansaço na Mulher, de tanto ser tida como uma flor ou como páginas importantes na vida?
Beijinhos e abraço

ana v. disse...

Querido Paulo, é que as mulheres são flores resistentes e livros densos... ;-)

Paulo Cunha Porto disse...

Duas vertentes de folhas deslumbrantes, enfim...
Beijinho