domingo, 26 de outubro de 2008

Fuga Para a Vitória

Eu sabia que a Naval estava bem classificada, mas não desconfiava de que tivesse um tão bom fio de jogo, como dizem os especialistas do Futebolês. Eu sabia que, depois da estafa de Quinta-Feira se teria de refrescar a equipa, mas não previa que logo três dos que (se) vêm mostrando mais, Katso, Di Maria e Cardozo saíssem, de uma penada. Eu sabia que Nuno Gomes está em boa forma, mas pensava que para um jogo em casa o Tacuara a jogar de início fosse coisa pacífica. O que eu não sabia é que os progressos da equipa já lhe tivessem feito dar o salto de conseguir reagir a um golo que as empatava, já perto do fim do jogo. Eu gostaria de saber como se articularão o Grande Ponta de Lança Paraguaio e Suazo, durante um jogo inteiro. Hoje, todavia, a substituição do Atacante Hondorenho por um colega que joga mais adiantado não foi, salvo na disposição das pedras, uma mera fuga para a frente. Foi, sim, a que reporta ao título (citação de um filme de guerra e futebol recheado de estrelas) e não diz respeito ao incidente com a Artista do vídeo, Colega da nossa Ariel.

20 comentários:

Mialgia de Esforço disse...

Hã? Não percebi patavina. Só sei que o filme de que fala é mesmo muito mauzinho.

Abraço.

Paulo Cunha Porto disse...

A bola está hermética, não é, Caro Mialgia.
E concordo, nem percebo como o Huston se prestou àquilo.
Abraço

ariel disse...

UAU! Há por aqui comentadores muito mal dispostos, eheheh... não percebo porquê ...
Beijinho.

ana v. disse...

Já almocei com esse bicharoco mesmo ao lado e garanto-vos que é de respeito...

Mialgia de Esforço disse...

Bolas, onde eu vim calhar. Bolawise, bem entendido!
Apetece-me citar os Antigos: "Primum milhum pardalorum est."

Abraço.

Nocas Verde disse...

Deixo apenas esta frase futebolesca de Alguém tranquilo:

"Ainda há muito campeonato"!!

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Ariel,
eu também não. Será aversão à pesca proveniente da Lota de Matosinhos e à caça na Mata Real? Mistério...

Querida Ana,
claro, repara bem no que seria um abraço daquelas asas! Não me parece que seja tão facilmente imaginável o de um Leão, ou de um Dragão...

Meu Caro Mialgia, pois, foi o que eu disse na segunda jornada. O milho posterior é que é para Pássaros de maior arcaboiço. Mas cá o bando gosta de Si.

Querida Nocas, claro, o Paulo Bento e a Minha Amiga são novos, ainda vão passar por muitos mais...
Beijinhos e abraço

Anónimo disse...

Meu caro Paulo,
Sobre o filme, apenas duas notas:
1. Sistema - Parte II. Veja-se o off-side que o fiscal de linha imaginou para evitar o 1º golo da Naval e uma eventual expulsão de um "piqueno" de vermelho. Veja-se o 2º golo dos vermelhos precedido de uma grosseira falta do Maxi, merecedora, inclusivé, de cartão amarelo (no mínimo). Ora, nem falta (manifesto roubo de Igreja) quanto mais cartão.
Em suma, um jogo entre duas equipas médias que nenhuma delas merecia ganhar. Mas o filme tem de continuar e o realizador sabe, ou julga saber, que será o seu final.
Mas como sabes, nem sempre o fim é aquele que o realizador pretende.
2. O estádio que em Portugal mais, e pior, "pressão" exerce sobre os árbitros.
Das duas uma, ou o árbitro tem alguma classe e "marimba-se" para o coliseu, ou, não a tem - o que é frequente - e é aquilo que se vê.
Parabéns pelo teu novo "espaço". Muito bom, o que é redundante.
Um abraço.
Fernando Carvalho

Paulo Cunha Porto disse...

Mas que alegria receber-Te aqui, Caríssimo Fernando.
Essa falta do Maxi quantos lances atrás foi?
E nem uma palavrinha acerca daquele penalty sobre o Ruben Amorim, que, na Tua expressão consagrada, deveria dar processo-crime?
Quanto ao campo e à pressão, a Nova Catedral não a faz por aí além. Ainda não fui ao Dragão, mas lembro-me bem do antigo Estádio das Antas...
Abraço

Mialgia de Esforço disse...

Caro Paulo,

Sem me querer imiscuir, e por mais voltas e piruetas que se queira dar, "the bottom line is": Não há inocentes.

Abraço.

Paulo Cunha Porto disse...

Atenção, Meu Caro Mialgia de Esforço,
o Comentador Ilustre que O precedeu, Meu Mui Querido Amigo também na vida extra-mlogosférica, é o Dragão mais fervoroso que conheço! Agora que Ele começou a comentar aqui, estão-Lhe prometidas muitas alegrias!
Abraço

Mialgia de Esforço disse...

Já não estou sózinho nesta cruzada...

mike disse...

Continuo a preferir as sextas-feiras, por estas bandas. Humprfff!
Incapaz de não Te deixar um abraço, aqui fica ele.

tsantos disse...

Tsss, tsss...Tanto barulho por causa de um jogo com uma equipa de segunda...Assim vai o (dito) Glorioso... ;-)

Ab

T

Paulo Cunha Porto disse...

Mei Caro Mialgia,
esteja certo, Caro Amigo, de que com o Fernando Carvalho estará acompanhado como pelo estádio inteiro!

Meu Caro Mike,
a Sexta deixou de ter o monopólio. Amanhã prometo um post vocacionado.

Meu Caro TSantos,
é curioso, num blogue cujo nome não quero recordar vivia, não há muito tempo, um bloguista desses... que se empenhavam em repor o Glorioso no seu lugar natural. Foi muito gozado pelo empate contra o Leixões e por ter-se mostrado satisfeito pela vitória tangencial em Paços de Ferreira, dado parco poderio dos adversários. Depois desta jornada não haverá muito Comentador a morder os lábios, perdão os teclados?
Abraços

TSantos disse...

Meu Caro

É a diferença de escalas... Quando um clube como o FC Porto perde de forma tão miserável, é caso para zurzirmos na equipa e no treinador...

Por outro lado, a vitória do "Glorioso" com a Naval, é (ou deveria ser) uma vitória "normal",e só o estado sofrível do SLB nos últimos tempos justifica as loas que tenho lido e ouvido...

;-)

Ab

Paulo Cunha Porto disse...

Olha,olha, desde quando as comparações não se esgotam nos limites temporais de cada campeonato? E aí...
Abraço

tsantos disse...

Será, mas nos últimos anos os campeonatos,
com raras excepções, parecem tirados a "papel químico" uns dos outros...

De resto, até acho refrescante esta recente "débacle" portista. Pode ser que este campeonato seja mais competitivo...

Ab
T

Paulo Cunha Porto disse...

Pois, claro que é uma generosa concessão de handicap, Caríssimo TSantos, nem me tinha passado pela cabeça coisa diversa!
Abraço

tsantos disse...

;-)

Mas vamos a ver se o Porto não recupera inesperadamente...às vezes, acontece!

(embora me pareça que a coisa só vai lá com outro treinador)

Ab