quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Os Ossos do Ofício

Ora bem, tenho estado para aqui a resistir a falar do divórcio da Madonna, porque foi artista que sempre detestei. Musicalmente, nada me diz, irritava-me aquele artificialismo pronto-a-fingir-que-se-comia e, além disso, continuadamente achei que ela não tinha corpo suficiente para a persona que abraçou.
Mas uma coisa tenho de referir, acerca da badalada separação. O desabafo de Guy Ritchie, segundo o qual nas raras vezes que faziam amor era como... hã... interagir com um montão de ossos, pode não ser apenas despeito de divorciando, ou sequer a encarnação do papel de coitadinho. Já que existe esta conhecida tradição dos índios Hopi, do Arizona, não é muito mais provável que ele se esteja querendo guindar a participante numa epopeia?

18 comentários:

mike disse...

Ou seja, o Guy Ritchie achava o mesmo que o meu Amigo. Estava casado com um pronto-a-fingir-que-se-comia. Despeito de divorciando, é o que é.
Um abraço.

fugidia disse...

Ora, ora, e eu a pensar que o Mister ia discorrer sobre as mulheres de Botero...

Ai, Paulo, no dia em que o Mike gostar de ossos o mundo acabou :-)))

ariel disse...

"Pronto-a-fingir-que-se-comia". Meu caro Paulo, acabou de me revelar a razão pela qual eu sempre tive uma certa embirração com a "piquena" e não sabia explicar porquê...:)

JúliaML disse...

:-))))))

livra! Eu hoje não arranjo canto para me enfiar?

:-(
eu sou só ossos e nunca ninguem disse isso de mim, nem mesmo os divorciandos. tem nada a vver, ela é osso duro,durona, é a postura dela que é feia e rigida.

cristina ribeiro disse...

Eis outra "piquena" que não me cai no goto...L; sofisticação demasiada para a minha camioneta.
Beijo, Paulo

mike disse...

A "piquena" cai-me no goto a caía-me nos braços, Cristina, que eu sou um cavalheiro e jamais deixaria uma senhora resvalar para o chão... quer dizer... (riso abafado)

Safira disse...

Sempre achei que a mulher tem as pernas mais feias da criação.

Quanto ao 'desabafo'acho normal: depois de o irmão da futura ex cunhado revelar que ele é homosexual, no livro que editou à revelia da famosa mana, o rapaz tem de se defender como pode :)
E ele também não é por aí além bem constituido, diga.se em abono da verdade. Despeitado, isso sim!

Vim devolver a visita e invadir aqui o cantinho com uns disparates. Espero não ter abusado! ;)
Beijinho e obrigada

cristina ribeiro disse...

Ó Mike, a Ana tem razão: de que cor quer o babete? :)

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Mike,
ehehehehe. Isto da fast food já é mau. Tornada menos do que virtual, então...

Querida Fugi,
o Nosso Amigo demonstra alguma sensatez ao pedir a este sector da vida uma certa capacidade de... amortecimento dos desgostos crcunfanes que a todos afligem!

Querida Ariel,
mas não define bem? Ainda pensei adaptar o apodo reiteradamente estabelecido pelo Dr. Sarsfield para designar Blair: sorriso de plástico. Mas achei que "sex-appeal de plástico" era menos ilustrativo do que esta expressão...

Meu Caro Mike,
oh sim,neste domínio vejo-Te bem a trabalhar de solo a solo!

Querida Safira,
muito obrigado por cá vir! "Disparate, Disparate, Disparate"! Sempre! O contributo foi delicioso e a acusação do afim liga mesmo com a fuga a sete pés da tradição indígena linkada...

Querida Cristina,
isso lá é problema, quando o Nosso Amigo, ao ver este esqueleto, ficou... de todas as cores!
Beijinhos e abraços

Paulo Cunha Porto disse...

Para a Júla vai responso à parte.
Faz favor, nunca mais compare esta coisa pop Consigo, viu? Pode a Sua Beleza não ser do tipo arredondado, mas é um Dom que, além de nos maravilhar, não suporta confrontos degradantes com a contrafacção da Ciccone, tá?
Beijinho

JúliaML disse...

LOL
para dizer a verdade também não me acho parecida,apesar de magrela

beijo :-P

Pedro Barbosa Pinto disse...

Será que aquela ideia peregrina de se fazer de crucificada em palco lhe veio de alguma noite em que, entrando sorrateiramente no quarto, se tenha atirado para cima do Guy, e este, acordando estremunhado tenha gritado -"Ai meu Deus que me caiu o crucifixo em cima!"?

Paulo Cunha Porto disse...

Por Amor de Deus, Julinha, é comparar o Dia, com a noite madonizada.

Meu Caro Pedro Barbosa Pinto,
ahahahaha! é verdadeiramente a dura realidade! Sinceramente, até percebo os botões que ela tenta premir, o que me escapa é a saída que tem, sendo tudo aquilo tão repuxado e... escanzelado.
Beijinho e abraço

ana v. disse...

Detesto a Madonna, mas tenho de tirar-lhe o chapéu: é um "produto" de sucesso, criado e gerido com muita inteligência, tendo em conta o facto de nem sequer ter grande voz...

Oh, Júlia, queres levar alguns dos meus quilinhos a mais? Não me importava nada! O mundo é injusto, ou ninguém está contente com o que tem (ou não tem...)

Paulo Cunha Porto disse...

Lá está, Ana, não tem grande voz, não tem grande corpo, não tem grandes pernas, grande mensagem é coisa que lhe falta, pelo falsete...
Caso para adaptar a canção da Carmen Miranda "o que é que a magana tem?».
Beijinho
PS: que quilos a mais? É feio dar o que se não tem...

JúliaML disse...

Querida Ana, não posso nem quero lear muitos, só queria levar-te dois, aqueles que não consigo recuperar..
Não te amofines, amiga, o nosso corpo é a expressão que ele tem. É de dentro que vem essa expressã e o teu dentro é lindo, que eu já to vi!

ana v. disse...

Não me queixo muito, realmente, Júlia. O de fora também podia ser bem pior... ;-)

Paulo Cunha Porto disse...

Ru diria mesmo mais, a Menina Ana a desmerecê-lo é gozar com muita miseriazinha que por aí se passeia.
Tenho dito
Beijinhos